Busca

                
 
 
A professora do curso de graduação e do mestrado em Psicologia da UCP, Diana Ramos de Oliveira participou do primeiro episódio da segunda temporada do programa Quebrando o Tabu, do canal GNT, em que se discutiu sobre a depressão. O episódio foi ao ar no dia 5 de agosto e contou com a participação de especialistas de diversas áreas, escritores, personalidades e pessoas que sofrem de depressão.

A professora foi contatada da pela produtora do canal em virtude dos artigos publicados pela docente em revistas científicas sobre questões étnico-raciais e sofrimentos psíquico e psicossocial. A série brasileira, que levou o Gold World Medal, prêmio máximo na categoria Social Issues em 2019 no New York Festivals, discute questões contemporâneas relevantes para a Sociedade.



“Eu me senti muito honrada de que meu trabalho foi reconhecido e respeitado, tendo em vista o convite para integrar o rol de especialistas e autoridades sobre a temática da depressão, em que pude oferecer uma compreensão psicossocial sobre este mal junto às minorias étnicas e sociais”, disse Diana, que abordou na entrevista questões históricas e psicossociais sobre a saúde mental dos negros e outras minorias, em face de preconceitos e racismo.

“Poder discutir essa temática é importante, tendo em vista, a experiência contemporânea de polarização e crise social, que acaba suscitando a produção de Schadenfreude (a felicidade e o prazer que as pessoas sentem pelo infortúnio dos outros). Acredito que este fenômeno conduz a um sofrimento psíquico e psicossocial sem precedentes”, comenta a professora, lembrando que essas e outras questões foram discutidas na UCP durante a II Jornada de Estudos Étnico-raciais e outros marcadores sociais da diferença, realizada em maio, evento interdisciplinar que contou com a participação de pesquisadores de todo país.
Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000