Busca

                
 
 
Terminou nesta quarta-feira (21.08), no Campus Dom Veloso, o III Simpósio Internacional de Teologia da UCP, que durante três dias abordou sobre a Formação afetiva da juventude. A programação começou na segunda-feira (19.08) com palestras sobre a temática ministradas pelo Pe. Dr. Francisco Javier Insa Gomez.

Em sua terceira edição, o evento é voltado a alunos dos cursos de Teologia, Filosofia, Psicologia, Direito, além de padres, religiosos, diáconos e todos os interessados nos temas apresentados. O objetivo do simpósio, neste ano, foi apresentar aspectos psicológicos, jurídicos e teológicos da formação dos jovens que poderão se casar ou se tornar religiosos na atualidade.



Foram três dias de reflexão: um dia sobre a formação afetiva da juventude em geral; um segundo mais voltado para a vida sacerdotal e religiosa; e o terceiro sobre o matrimônio. Parte da programação também foi inserida na Semana Jurídica da UCP, que acontece ao longo da semana, com a palestra A imaturidade afetiva como causa de nulidade matrimonial, direcionada aos públicos-alvo dos dois eventos.

“Escolhemos esse tema por dois motivos: um pelo interesse da Semana Jurídica e por isso escolhemos abordar a palestra sobre a imaturidade afetiva que pode causar a nulidade matrimonial. Essa é uma ideia. E também o tema da maturidade afetiva na vida dos religiosos. Temos visto as questões dos abusos. É uma coisa que precisa ser vista do ponto de vista penal, como punir. Mas principalmente do ponto de vista educativo, como formar os jovens, os adolescentes religiosos para que isso jamais venha acontecer”, comenta o Pe. Anderson Machado Rodrigues Alves, Prof. do curso de Teologia.

Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000