Busca

            
 
 
  • Um grupo de alunos do curso de Relações Internacionais da UCP participou, nesta sexta-feira (20.09), da XVI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, que aconteceu durante todo o dia na Escola de Guerra Naval (EGN). A turma, composta por 30 estudantes de diversos períodos, foi acompanhada pela coordenadora do curso, Profª. Luiza Bizzo, e pelo professor prof. Leandro Gavião.

    Organizado pela Fundação Kornrad Adenauer e o CEBRI, com apoio da União Europeia, o evento abordou o tema Quarta Revolução industrial e seus impactos na segurança Internacional e na ordem global.

  • Para comemorar o Dia do Administrador – celebrado no dia 9 de setembro – a UCP, por meio do curso de Administração, promoveu nesta segunda-feira (16.09) a palestra Gerentes que Duram, com Wagner Siqueira, para falar sobre uma visão moderna dos novos gestores. No evento, que aconteceu no Salão Nobre do Campus Dom Veloso, também foi lançado o convênio institucional entre a Universidade e o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro, do qual o palestrante já foi presidente.

    Direcionada a estudantes, profissionais, administradores e pessoas interessadas em gestão de empresas, a palestra teve como objetivo apresentar uma visão moderna e atual dos novos gestores de empresas, as competências e habilidades necessárias para ter perenidade na carreira diante das exigências e desafios que o mercado apresenta na atualidade.

    Dia do Administrador é comemorado com palestra na UCP

    “Temos uma série de aspectos nesse tema. Primeiro pensar as gerações. Agora não são gerações que geralmente pensam em durar em cargos. Eles querem trocar de cargo continuamente. Porém se pensarmos do ponto de vista corporativo, nenhuma instituição é perene se não tiver um grupo de pessoas que esteja acostumado com a estrutura organizacional, com o próprio comportamento organizacional que é resultado disso. Então quando pensamos em gerentes que duram, podemos ampliar e pensar em profissionais que duram dentro de uma organização e a conduzem durante um espaço de tempo, fazendo carreira”, pontua o coordenador do curso, Ueliton Leonídio.

    Ele também destaca importância do convênio firmado entre as duas instituições.

    “A partir de agora o curso de Administração da UCP passa a estar diretamente ligado ao Conselho. A vantagem desse convênio é que teremos acesso às pesquisas que eles fazem sobre perfil do aluno e do administrador, sendo uma fonte para aprimorarmos cada vez mais o nosso curso, além da oferta de cursos, encontros de administrados e esse intercâmbio com os profissionais”, comenta Ueliton.

  • Com o título Módulo de Elasticidade do Concreto: Um estudo semi probabilístico e seus desdobramentos, o artigo escrito a quatro mãos pelos professores da UCP, Ana Carolina Carius e Vinícius Furtado, pelo técnico de laboratório, Alex Justen Teixeira, e pelo aluno Leonardo de Souza Corrêa será publicado em um livro sobre Engenharia Civil. O convite é resultado da apresentação do trabalho no VI Congresso de Engenharia Civil, o Conenge, que aconteceu em maio deste ano, na cidade mineira de Juiz de Fora.

    O trabalho é uma pesquisa feita pela professora Ana Carolina, que contou com a parceria dos colegas e do aluno, sobre módulo de elasticidade do concreto, na qual propõe um ajuste na forma de cálculo do módulo de elasticidade.

    Docentes e aluno da UCP terão artigo publicado em livro sobre Engenharia Civil
    A Profª Drª Ana Carolina Carius com o aluno de Engenharia Civil, Leonardo de Souza Corrêa na apresentação do trabalho no Conenge

    “Fizemos a medição de vários corpos de prova e um ensaio do modo de elasticidade. Pelo fato do concreto ser heterogêneo, nem sempre esses valores dão iguais. Mas conseguimos provar que o conjunto de valores que foi extraído desses ensaios se comportou conforme uma distribuição normal de probabilidade. Então conseguimos com 99% de certeza colocar os valores dentro de um intervalo. Conseguimos provar que 99% dos corpos de prova que testamos estavam com os valores dentro desse intervalo”, explica Ana Carolina, apontando a importância do resultado.

    “Esses valores que obtivemos foram pouco diferentes do que a norma propõe para o cálculo do módulo de elasticidade do concreto baseado no teste de resistência. Então acreditamos que trabalhar da forma que fizemos estamos mais próximo da realidade do que uma fórmula que eles chegaram a um valor. Isso agrega um comportamento mecânico ao concreto. Claro que o módulo de elasticidade não diz tudo sobre o concreto. Mas ele dá algumas informações importantes do ponto de vista mecânico e estamos também usando esses valores em outra pesquisa”, completa a docente.

    Esse estudo desenvolvido pelo grupo da UCP vai compor um capítulo específico do e-book Engenharia de Construção Civil e Urbana, previsto para ser publicado em dezembro deste ano.

    “Como professora do ciclo básico e formada em matemática, é uma honra aplicar os conhecimentos nos problemas de engenharia civil. Fazer com que meus alunos reflitam sobre os problemas, devolvam senso crítico, criatividade e inovem em soluções. É a concretização de um trabalho que só é possível graças ao laboratório da universidade e o apoio às pesquisas, que ocorrem desde 2016”, comenta a Profª Ana Carolina, que acabou de publicar também o livro Cálculo Diferencial e Integral para Químicos, fruto de outro trabalho de pesquisa.

  • Palestra de lançamento aconteceu nesta segunda-feira (09.09) na OAB, no Rio de Janeiro

    Um grupo representando a UCP esteve presente, nesta segunda-feira (09.09), na palestra de lançamento do Meeting Negociação 2020, que aconteceu na sede da OAB, no Rio de Janeiro. O evento é uma competição internacional de Direito que pretende possibilitar o aprendizado de ferramentas de negociação na prática.



    “Estamos querendo montar uma equipe da UCP para participar da competição em 2020 sobre Negociação, que envolve também Mediação e Arbitragem. São 3 etapas eliminatórias: regional, nacional e internacional. Além do aprendizado para o grupo, seria uma projeção do nome UCP. Fomos na palestra de lançamento, pois temos um grupo de alunos muito interessado em participar”, comenta a Profª. Sintia Said Coelho, que acompanhou o grupo.
  • Bryant Garth esteve no Núcleo de Práticas Jurídicas, no Campus Dom Veloso, nesta segunda-feira (02.09)


    O curso de Direito da UCP recebeu, nesta segunda-feira (02.09), a visita do professor e pesquisador norte-americano mundialmente famoso, Bryant Garth. Ele foi um dos principais colaboradores do Prof. Mauro Cappelletti no célebre Projeto Florença sobre o Acesso à Justiça, que resultou na publicação de uma série de livros, em 1978, que se tornou uma referência para os estudos dessa temática desde então.

    Na visita, acompanhado de sua esposa, Mei Garth, eles visitaram o Núcleo de Práticas Jurídicas, equivalente à experiência das famosas “law clinics” norte-americanas e ficaram muito bem impressionados com a proposta pedagógica do Núcleo. Durante a visita, além de conhecer as instalações da Universidade, o Prof. Bryant também conheceu alguns alunos do curso de Mestrado em Direito da UCP.

    A vinda do professor norte-americano a Petrópolis foi a convite do Prof. Cleber Francisco Alves. Ambos - juntamente com outros três pesquisadores - estão à frente de um novo projeto de pesquisa de âmbito mundial, inspirado no Projeto Florença, cujo objetivo é compreender melhor o atual estágio em que se encontra a questão do acesso à justiça nos diversos países do mundo.


  • A Atlética de Educação Física ficou com o 2º lugar, no resultado geral, e a Engenharia com o 3º


    A equipe da Atlética Imperial de Direito da UCP levou mais um campeonato esse ano, dessa vez, pelo segundo ano consecutivo, o Intercursos 2019. A competição é promovida pela Pastoral da Universidade, com apoio da coordenação da graduação em Educação Física. Os jogos aconteceram no Centro Poliesportivo, no Bingen, nos dias 24, 25 e 31 de agosto e 1º de setembro.

    O campeonato, que tem o objetivo de fomentar e aumentar a participação dos estudantes em atividades esportivas, contribuindo, assim, para a interação entre os cursos, mais uma vez mostrou que a integração, competitividade e o espírito esportivo são os protagonistas da competição. Na classificação geral ainda subiram ao pódio a Atlética de Educação Física, conquistando o segundo lugar, e a de Engenharia no terceiro lugar.

    Confira os resultados das modalidades coletivas:

    Resultado atletismo feminino resultado atletismo masculino resultado tenis de mesa feminino
    resultado fifa feminino resultado fifa masculino resultado tenis de mesa masculino
    resultado xadrez



  • Evento, que encerrou no sábado (31.08), contou com atividades nos dois campi da Universidade


    Durante seis dias, o Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UCP ofereceu mais de 60 atividades nas quais foram debatidas, sob a ótica dos cursos de Biomedicina, Fisioterapia, Psicologia e Educação Física, os desafios da saúde na atualidade. A programação fez parte da Semana Científica do CCS 2019, realizada nos dois campi – Dom Veloso e Dom Cintra – e que teve fim neste sábado (31.08).

    Foram palestras, oficinas, minicursos, mesas-redondas, entre outras atividades, sempre trazendo assuntos atuais pertinentes ao tema proposto para debates e reflexões com profissionais atuantes no mercado de trabalho. Na Biomedicina, destaque para as palestras sobre papiloscopia e balística forense; e sobre O milenar e microscópico mestre cervejeiro. Na Fisioterapia, além da celebração dos 50 anos, as palestras sobre bocha adaptada; terapia holística e sobre bandagem elástica funcional (kinesio tape) na prevenção e tratamento de lesões desportivas.

    Mais de 60 atividades na Semana Científica do CCS

    No curso de Psicologia, o minicurso sobre a prática psicológica junto às mulheres atendidas no CRAM e a palestra sobre síndrome alcoólico-fetal: os desafios da saúde pública. Já na Educação Física, a mesa-redonda sobre temas polêmicos no treinamento de crossfit e a palestra/oficina de socorros de urgência.

  • Palestra remontando a trajetória do curso foi apresentada nesta quinta-feira (29.08) dentro da programação da Semana Científica do CCS


    Neste mês de agosto, o curso de Fisioterapia da UCP comemora seu Jubileu de Ouro. A data foi celebrada, nesta quinta-feira (29.08), com uma palestra remontando a história do curso de Fisioterapia que foi o primeiro criado fora das grandes capitais. O bate-papo, feito pelas professoras Marília Isabel Winter Hugh Leon e Maria da Graça Tavares Monteiro, aconteceu no Auditório I do Campus Dom Cintra, dentro da programação da Semana Científica CCS 2019.

    “O curso teve uma evolução muito grande nesses 50 anos, em todos os sentidos.  A cada ano que passa vemos um crescimento muito grande: com os espaços, como o Centro Poliesportivo e o Cidepe, que ajudam na parte prática do conhecimento; as reformas para melhorias desses espaços; compra de aparelhos mais modernos”, pontua a coordenadora do curso, Profª. Ave Regina de Azevedo Silva, que é formada na Instituição assim com as professoras Marília e Maria da Graça.

    Curso de Fisioterapia completa 50 anos

    No encontro, as professoras iniciaram a conversa contextualizando o nascimento do curso com os grandes marcos e acontecimentos da história no mundo e no Brasil. Elas recontaram a trajetória do curso desde sua criação, que foi motivada a partir de uma demanda muito específica da cidade, com o grande número de casos de crianças com paralisia infantil.  A proposta foi uma iniciativa do médico Júlio Pinto Duarte, que integrou o corpo docente do curso.

    Parte integrante do curso, academicamente e na prestação de serviço em prol da comunidade, a palestra também abordou sobre o Cidepe (Centro Interdisciplinar para o Desenvolvimento da Personalidade), criado para atender ao curso antes mesmo da exigência de se ter uma clínica-escola atrelada à graduação de Fisioterapia. Para a Profª e coordenadora do curso, ele é parte fundamental na formação dos alunos.

    “No Cidepe o aluno tem uma experiência diferenciada, pois ele está ali com um profissional formado e experiente durante todo o estágio nas mais diferentes áreas. E lá visamos a qualidade e não quantidade. Então o aluno fica às vezes 50 minutos no atendimento de um paciente, sendo supervisionado, dando a atenção devida. O que muitas vezes num estágio externo ele não terá. O aluno sai do curso com uma bagagem muito grande”, pontua Ave Regina.

  • Até o próximo sábado (31.08), a UCP vai debater os Desafios da Saúde na Atualidade sob a ótica dos cursos de Biomedicina, Fisioterapia, Psicologia e Educação Física da UCP na Semana Científica do Centro de Ciências da Saúde 2019, que teve início nesta segunda-feira (26.08). A abertura aconteceu no Campus Dom Veloso com a palestra Desafios para a saúde do trabalhador na atualidade: quando o trabalho não dignifica o homem, com o psicólogo Rui Carlos Stockinger, realizada no Salão Nobre. Antes, foi celebrada missa na Capela Nossa Senhora de Sion.

    UCP abre Semana Científica do CCS

    Além da palestra de abertura, a programação desta segunda já contou com apresentação de trabalhos dos grupos de pesquisa de Psicologia. Ao longo de toda semana serão mais de 60 atividades abertas ao público realizadas simultaneamente nos dois campi da Universidade – Dom Veloso e Dom Cintra.

    “A intenção desse tema escolhido é abordar, sob o olhar dos quatro cursos, a questão da promoção da saúde, dos desafios da saúde, e também do processo do adoecimento. A ideia é trazer para o aluno as diferentes perspectivas a respeito desses desafios: de manter-se bem e o desafio de sanar problemas. É o aspecto dos dois desafios: da promoção de saúde, como profissional, a questão da qualidade. E o desafio do adoecimento desse profissional de saúde”, pontua a diretora do CCS e coordenadora do curso de Biomedicina, Adriana Afonso.

  • Após uma semana de debates e reflexões sobre temais atuais dentro do universo jurídico, teve fim, nesta sexta-feira (23.08), no Campus Dom Veloso, a Semana Jurídica da UCP 2019. A programação foi encerrada com o lançamento do livro Direito Financeiro e Direito Tributário, do Prof. Roberto Wagner Lima Nogueira, que aconteceu no auditório; seguido da palestra Aspectos atuais da Lei de Improbidade Administrativa e o projeto da nova lei: teoria e prática. O evento foi realizado no Salão Nobre com o palestrante Mauro Gomes de Mattos.

    “Acho que o resultado dessa Semana Jurídica foi muito positivo, porque de fato nós conseguimos trazer temas muito inovadores, temas que estão sendo discutidos hoje em âmbito nacional e que, dificilmente, conseguiríamos debater da forma como nós debatemos se não tivéssemos pessoas tão capacitadas fazendo isso conosco, aqui na Universidade”, observa o coordenador do curso de Direito, Maurício Pires Guedes.



    Ele destaca que o evento foi uma oportunidade dos alunos, principalmente, discutirem temas contemporâneos com profissionais renomados.

    “Discutimos temas como compliance, constelação familiar, a candidatura avulsa, sempre com palestrantes que possuem profundo assunto na matéria. No caso da candidatura avulsa, recebemos o advogado que hoje pleiteia a candidatura avulsa no STF. Da constelação trouxemos a juíza de Petrópolis que atua nessa área específica. Então o balanço é muito positivo. Os alunos dos primeiros períodos ficaram muito motivados por conhecer esses temas e agora espero que eles levem esses temas para a sala de aula para continuarmos os debates”, finaliza o coordenador.

    UCP abre sua 23ª Semana Jurídica que acontece até sexta-feira

Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000